Conteinerização diminui rota percorrida por caminhões de coleta de resíduos

A conteinerização facilita a coleta de resíduos, pois não apenas organiza o descarte como também otimiza as rotas percorridas pelos caminhões. Veja como!

Uma das consequências da coleta de resíduos mecanizada é a redução de custos na coleta. Isto ocorre porque o planejamento requerido para a realização da coleta mecanizada busca rotas estratégicas para seu deslocamento.

A coleta convencional de porta em porta não é um método eficiente, pois requer uma quantidade grande de paradas. Além disso, o esforço requerido dos trabalhadores é maior, não obstante a exposição a riscos de acidentes.

Veja a seguir como a conteinerização pode reduzir os custos com transporte de lixo e diminuir em até 30% o deslocamento necessário.

A conteinerização reduz o deslocamento necessário para a coleta de resíduos

A primeira etapa do ciclo de conteinerização é a separação dos resíduos úmidos dos secos em casa ou no escritório. Em seguida, contentores apropriados devem ser instalados em locais estratégicos para receber o lixo seco e o lixo úmido. 

O estudo para a criação da rota de coleta de lixo mecanizada leva em consideração o perfil de geração de resíduos da localidade. Com isso, o processo de coleta é facilitado. Durante o planejamento, a melhor rota de coleta é escolhida. Além disso, os pontos de coleta serão fixos, o que facilita o processo de recolhimento do lixo.

No processo convencional, o trajeto percorrido é maior. Isso porque como os resíduos ficam dispostos em frente às casas, o caminhão deve percorrer todas as ruas e ir em ritmo muito lento para que os coletores possam pegar os sacos e arremessar na parte traseira do caminhão.

O que também é possível observar em muitos municípios é que, no ato da coleta, uma equipe passa antes juntando os sacos e acumulando-os nas esquinas. Então, na sequência, o caminhão passa coletando nesses pontos. 

Por conseguinte, sem padronização, há maior dificuldade no controle dos custos com o transporte dos resíduos para sua destinação final.

Com a instalação do ciclo de conteinerização, esses problemas são minimizados e/ou eliminados e o processo de coleta é facilitado.

A coleta é facilitada pela conteinerização

Além da rota percorrida no processo convencional ser maior, a forma permitida em dispô-los pela população pode acarretar em custos e transtornos extras. Como no caso de ação de animais ou durante a própria coleta, quando os sacos são rasgados espalhando seu conteúdo.

Como a conteinerização reduziu em 30% a rota percorrida para a coleta em Capela do Alto 

A conteinerização já é uma realidade que vem contribuindo com o meio ambiente e a saúde pública em vários municípios do Brasil. É o caso de Capela do Alto. O município, situado na região metropolitana de Sorocaba (SP), tem aproximadamente 18 mil habitantes.

A cidade adotou o sistema de conteinerização dupla, ou seja, contentores para secos e outro para úmidos (ou reciclável e rejeito).

Com isso, houve um aumento de 50% na coleta mensal de material reutilizável pela prefeitura. Não obstante, com o planejamento da logística de coleta, registrou-se uma redução de 30% na rota percorrida e por conseguinte uma diminuição de aproximadamente 50% no tempo para a coleta de resíduos.

Assim, a conteinerização reduz os custos e o deslocamento envolvido no processo de coleta de resíduos. Quer conhecer outros estudos de caso da Contemar? Entre em contato conosco!

6 thoughts on “Conteinerização diminui rota percorrida por caminhões de coleta de resíduos

  1. Pingback: what does a tinder profile look like

  2. Pingback: lovoo oranger rahmen

  3. Pingback: free dating service miami

  4. Pingback: dating sites free australia

  5. Pingback: finished adult dating sims

  6. Pingback: keto lunch ideas