Qual a melhor maneira de descartar o isopor?

Você sabia que o isopor é feito de plástico? Conhecido cientificamente como poliestireno expandido, o material é um produto sintético proveniente do petróleo e que demora bastante para se decompor. No entanto, é atóxico e 100% reciclável. Então, vem a dúvida: como descartar o isopor?

Apesar de não ser considerado prejudicial ao meio ambiente (seu componente básico é o ar), é necessário saber onde seus resíduos devem ser depositados. Neste post, você vai descobrir a maneira correta de descartar isopor. Então, continue a leitura:

Afinal, como descartar o isopor?

O descarte do isopor é mais simples do que você imagina, já que é só você levá-lo a qualquer lixeira destinada a plásticos. Entre os contentores coloridos, é o de cor vermelha. Já nos pontos de entrega voluntária ou ecopontos, é só levar na mesma sacola do material plástico.

No processo de reciclagem, o isopor passa por uma máquina de compactação, que tira todos os gases contidos nele, transformando-o em tarugos (massas em formatos cilíndricos). O material é triturado até virar bolinhas bem pequenas. Depois, é separado, limpo e triturado. A partir daí, passa por um processo de cristalização em que todo o ar é eliminado do material (cerca de 98% de sua composição, pois apenas 2% do isopor é formado por plástico). 

Esse material cristalizado passa por um processo de moagem que o transforma em pellets, biocombustíveis feitos de matéria orgânica compactada ou biomassa. Nessa fase, então, o isopor já pode ser usado para a fabricação de novos produtos. 

Quais os tipos de reciclagem de isopor?

Os pellets podem seguir dois caminhos: vão para uma máquina de extrusão e se convertem em placas de isopor reciclado ou seguem para uma injetora, que os esculpe de acordo com o molde.

Existem 3 formas para reaproveitar o isopor:

  • energética: o poder calorífico do isopor pode ser usado para a produção de energia elétrica térmica;
  • mecânica: os pellets são injetados e transformados em novos objetos de plástico;
  • química: o isopor é derretido para a fabricação de colas, solventes e até sola de calçados. 

Onde podemos descartar o isopor?

Além da lixeira de cor vermelha, você pode descartar o isopor em:

Pontos de entrega voluntária

Conhecidos como PEV, os pontos de entrega voluntária são locais em que o cidadão leva seus resíduos previamente separados. Nele, você encontra pelo menos dois tipos de contentores (lixos orgânicos e inorgânicos), mas ele também pode ser mais segmentado.

Ecopontos

Semelhantes aos PEV, os ecopontos costumam ter mais opções de contentores para diferentes tipos de lixo, como resíduos industriais, poda, restos de construção e eletrônicos.

Conteinerização dupla

A conteinerização dupla consiste na instalação de dois contêineres em determinados pontos da cidade: uma para resíduos orgânicos e outro para coleta seletiva.

Pronto para dar uma nova vida ao isopor? Como visto, o material é feito de plástico e, portanto, precisa ser descartado na lixeira destinada a ele. Mas será que você já decorou as cores dos contentores de reciclagem? Confira!



Comments are closed.