O que podemos fazer para reduzir o lixo em casa, em tempos de isolamento social?

A epidemia de Covid-19 obrigou o mundo inteiro a se trancar em casa. Com isso, tudo é feito em casa: trabalhamos, estudamos, nos exercitamos, cozinhamos receitas diferentes e, claro, produzimos muitos resíduos. Embora seja compreensível, ver todas aquelas sacolas com embalagens, papéis e plásticos pode ser estressante. Então, o que fazer para reduzir o lixo em casa?

Muitas pessoas só perceberam a quantidade de resíduos que produz quando começou a ficar em casa. Já outras se preocupam mais com a questão da contaminação pelo coronavírus: quanto mais objetos comprados, mais itens para o micro-organismo se abrigar (quando não higienizados corretamente).

Independentemente do motivo, o compromisso com o meio ambiente não pode diminuir. Continue a leitura e descubra dicas para diminuir a produção de lixo em casa:

Como reduzir o lixo em casa durante a pandemia?

Mais tempo em casa, mais lixo produzido dentro dela. Então, confira dicas para reduzir o lixo não só durante a pandemia, mas por toda a vida:

Escolha produtos a granel

Muitas pessoas estão aproveitando o tempo em casa para aprender ou aprimorar habilidades culinárias. Isso permite mais independência e uma escolha melhor dos alimentos. Portanto, em vez de investir em enlatados, congelados e industrializados, compre produtos a granel. Eles são mais saudáveis e você leva apenas aquilo que vai consumir, evitando que o alimento estrague.

Alguns lugares permitem que você leve seu próprio recipiente e, com isso, economize saquinhos de plástico.

Compre apenas o necessário

O tempo de clausura causa ansiedade, que muitas pessoas compensam no consumo. Além disso, muitas pessoas acabam investindo em delivery em vez da comida feita em casa.

Portanto, em vez de gastar energia e espaço com mais itens, compre apenas o que precisa — o que não significa parar de consumir, mas de refletir sobre a necessidade daquele item. Você reduz o lixo, economiza dinheiro e pode voltar seu tempo para outra atividade mais enriquecedora.

Congele

Estar em casa permite que você faça comida em maior quantidade — e isso não significa desperdício. É possível, por exemplo, fazer todas as refeições da semana em um dia e congelá-las até o dia em que serão consumidas. 

Separe o lixo

Aproveite o tempo disponível em casa para fazer um descarte de lixo mais consciente. Mesmo que a sua cidade não tenha coleta seletiva (ou que ela esteja suspensa, por conta do coronavírus), use sacolas diferentes para cada tipo de lixo — uma para plástico, outra para papéis, metais, vidros e itens que não podem ser reciclados (papel higiênico, por exemplo).

A separação de lixo também ajuda catadores, que veem na coleta de itens recicláveis um meio de subsistência. 

No entanto, quem está contaminado com a Covid-19 não deve separar o lixo doméstico, e sim fechar bem os sacos para não contaminar ninguém. Na medida do possível, as sacolas devem ser higienizadas com álcool. E não deixe que catadores tenham contato com esse material.

Faça uma composteira

A composteira é uma técnica que permite a transformação do lixo orgânico em húmus, a matéria estabilizada (sem mudanças químicas ou físicas significativas) que também é o tipo de adubo essencial para a vida na Terra.

Com caixas de plástico, furadeira, terra e minhocas, já é possível montar uma composteira doméstica. A solução pode ser feita tanto em apartamentos quanto em residências.

Viu como é possível reduzir o lixo produzido durante o isolamento social? Essa decisão é um comprometimento com a saúde do planeta. Então, descubra agora como é a produção de lixo no Brasil.

Comments are closed.